quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

2018 - CONVÍVIO na Associação dos Fuzileiros

CAMARADAS

Graças aos Amigos Temudo e Neves, está em andamento "irreversível" a logística para este novo encontro, que surgiu do nada.

Passei no dia anterior pelo Restaurante, e verifiquei que ainda a mesa não estava "montada" e já havia lugar marcado.

Melhor situada estará a organização.
Num quase altar, terá um fuzo de plantão não vá haver desacatos, e a cruz de cristo em fundo.

Um dia após a minha passagem pelo Restaurante

(Contrariando o cretino do J'aimé)

realizou-se na Margem Sul e na data marcada
08/02/2018

a Confraternização de alguns Camaradas do Nosso
 BATALHÃO 

Segundo sei, este Convívio no Restaurante da Associação dos Fuzileiros "indicado pelo furriel Temudo" teve início há cerca de 4 anos com poucos participantes da 2506, tendo vindo a engrossar de ano para ano.

Tornou-se abrangente, somando desta vez a presença de
26 Camaradas, das
 Companhias 2504 - 2505 - 2506 e CCS.

Acho que por modéstia, Temudo e Neves não quiseram reivindicar para si a realização deste evento, que foi um êxito.
(E tudo por 8.50€ per capita)


Recorda agora a 1ª estrofe e o refrão do HINO do nosso Batalhão
 pois ouvi-lo-ás no final deste pequeno filme, cantado pelo pessoal da 2504 acompanhados pelo Conjunto POP da mesma Companhia.  


Uma referência especial da minha parte, ao Boavista da 2506, que considerei o
"Apaziguador" de serviço.

Antes de iniciarmos as hostes com o belo cozido à portuguesa e não só, procurei se na casa existia alguém que tivesse sido ex-Sargento Fuzo no Lungue-Bungo, na altura que por lá passamos
(3º Pelotão da 2504). Mas... debalde.

Em caso afirmativo, convidá-lo-ia com a permissão da organização "of course" a colaborar no repasto,  retribuindo assim um gesto que me tocou profundamente:
Tal como já contei algures

http://ccac2504.blogspot.pt/2012/07/mais-uma-do-meu-pelotao.html

ofereceu-me uma mão cheia de camisas... "para os petromaxes" pois já há vários noites
andávamos à média-luz das velas.  

Mesmo convidado, e para ficar de consciência tranquila também "convidei" Camaradas da 2504,
que residem "cerca ou mui cerca" do local deste Convívio (BARREIRO)
Nomeadamente: o Dâmaso, Espiguinha, Caetano, Candeias, Costa "furriel", Tacão "furriel" e Ramalhete que por vários motivos  não puderam comparecer, bem como o Capitão Conde e Silva, o Jorge Severino "furriel enfermeiro", o Isidro Nunes "1º cabo" e o Branco da Cruz "morteirista" que  como se viu, estiveram presentes.




Sem comentários:

Enviar um comentário