domingo, 1 de julho de 2018

A promessa

Ao contrário de alguns, Eu não brinco em serviço.

Após mais uma incursão
à linda Cidade de Famalicão,
Para novo Convívio* do Pessoal
do meu Curso Industrial.

(Rima e foi verdade)

Cumpro o prometido.
http://ccac2504.blogspot.com/2017/11/mestre-giga-e-o-virar-de-pagina.html


Aqui está a foto do pequeno Quadro (que tinha na casa de Famalicão), que o Furriel GIGA me ofereceu um dia “talvez” no ano de 1975 ou 76.


Para o perpetuar e em sua memória, este quadro fica agora exposto
"em permanência" no altar da 2504, do meu
(BAIXATOLA  BAR)

Local onde "tal como em 2006" terminará o Convívio (2018)
dos GRADUADOS da 2504
que este ano me compete organizar.
Não satisfeito, “também pendurei” uma pequena reprodução que pintei em acrílico, de um quadro a óleo que Ele colocou em destaque "tal como regista um dos meus slides" no Nosso 
PEQUENO BAR
nas instalações do Grafanil.





( GRAFANIL )

Conforme já aqui descrito, este BAR "não existindo" surgiu dentro ao fundo da caserna, graças ao espaço ganho no aperto, que tanto Eu (Pimenta) como o Giga e o Brito nos sujeitamos, empilhando as três camas em Beliche.

Como se vê na foto; Sem portas aldrabas ou fechaduras, nem mesmo um energúmeno a barrar a entrada "como acontece nos dias de hoje", o seu acesso era livre e concorrido.

Cheio de instrumentos do Conjunto POP, raro era o dia em que não houvesse um pouco de música ao vivo, e um reparo do Brito queixando-se  da descida acentuada do nível na sua garrafa de whisky.


O "verso" do quadro servia às vezes, de ecran na projecção de slides.


Como ainda estavamos todos reunidos, desafio algum leitor a contar algo que recorde, vivido neste agradável recanto, que "com poucos dias de Angola" considero ser,
o primeiro BAR da 2504.

Aqui a confirmação da minha pintura, no pequeno filme que se segue.


* Convívio que "após o Restaurante" terminou uma vez mais no BAIXATOLA BAR, desta vez "conforme sugerido na convocatória", com um rodízio de (5) anedotas para cada um.

Sabendo que Comercuzólhos é sempre agradável; Com o comes e bebes misturei alguns efeitos luminosos das minhas xenezices, fruto da pachorra na arte de bem soldar, mas não só.

(Na pequena amostra)

O Pessoal restante mas ainda atento, ouvindo o Amigo Ezequiel "um fiel seguidor do nosso Blogue" no uso da palavra contando mais uma das suas.
Presente, o nosso Professor e Amigo, Paulo Dias Costa 
(Não sei o porquê, mas reparo que a imagem bloqueia quando aparece a concertina que o Furriel Jorge Severino me ofereceu)

2 comentários:

  1. Porque o GIGA se considerava (MEIO CIGANO), achei por bem colocar uma música de fundo, a condizer.

    ResponderEliminar
  2. Reparo numa imensidão de zingarelhos expostos. O camarada Furriel pode descreve-los?

    ResponderEliminar