quarta-feira, 23 de maio de 2012

2006 - O Convívio do Furriel PIMENTA no seu BAR, o (BAIXATOLA's BAR)

Chegou a hora de esclarecer alguns leitores, quanto às referências feitas ao BAIXATOLA’s BAR, editadas neste blogue.

“Para Confraternizar com os Amigos”, e talvez por efeito do rebentamento da mina em Tancos fiquei afinal com uma “pancada”, a de construtor de BARes. Conforme podes ver nas fotos, uns mais modestos (desde a mesinha de cabeceira), cujo penico fora trocado por garrafas, até aos mais elaborados em Luanda, no Grafanil, Zenza, Dange etc…
No Grafanil, empilhando as camas do Pimenta, Brito e Giga, arranjou-se espaço para construir o BAR

Já na peluda, após o Hectopieze BAR no Alentejo, estabilizei, ao “construir” ao fundo da minha garagem, o BAIXATÓLA’s BAR em Vila Nova de Famalicão. É o menino dos meus olhos. Um local de convívio por excelência, onde costumo reunir com alguma frequência os Meus Amigos.

Consultando o Livro de registos dos Eventos Mais Significativos levados a cabo no BAIXATOLA’s BAR podemos ler a páginas tantas: Aqui começou e terminou no dia 10 de Junho de 2006, o Convívio dos Graduados da 2504. Foi neste local, a concentração e a partida do Pessoal em coluna táctica até ao Restaurante (A Mélinha) em Viatodos. Por uma quantia modesta, foram surpreendidos com uma ementa típica do Norte farta e variada, e segundo as críticas, do agrado geral.

No final do almoço, as tropas regressaram ao ponto de partida para levarem a cabo um golpe de mão.
Se em Vila Nova de Famalicão o dia era do Santo António, a tarde... Era Nossa.

Para a passar, além do bolo, ofereci uma sardinhada. Produto comprado directamente na lota da Póvoa de Varzim. Convidei para isso,dois “paraquedistas”: o meu irmão para assador mór, e um amigo de infância que se cruzou connosco no Grafanil.
Para perpetuar o evento, ofereci a cada camarada, um DVD com os Meus Slides e um Prato em barro de Flor da Rosa. Todos iguais e todos diferentes, porque foram feitos e pintados à mão, por alunos da Escola de cerâmica da cidade do Crato.

Lamentando não ter na altura máquina de filmar, podes mesmo assim e após alguns anos, confirmar a veracidade dos factos, visionando as fotos no final do vídeo
_(2006 – o Meu convívio no BAIXATÓLA’s BAR)_


Pelas 10 horas da madrugada do dia seguinte, recebi uma chamada telefónica do Capitão, que preocupado, perguntava: Estão todos bem?!!!” e essa não entendi, mas justificou.... É que tinha visto na televisão que existiu na noite de ontem "a do Convívio", chuva e vendaval que até destruiu o palco existente no campo de futebol onde decorriam os desfiles das marchas Antoninas, fazendo até vários feridos.

Confesso que não dei por nada, pois a essas horas Eu, o meu Irmão, e restantes famílias, dávamos continuidade à  “nossa festa” no conforto do BAIXATÓLA’s BAR

Confirmei pouco depois, que tinha ocorrido um tornado cujo rasto era bem visível no jardim da rotunda, ao ver arrancadas pela raiz várias árvores de grande porte. Mas, gente do norte não se atemoriza! até os comemos.

 




 

1 comentário:

  1. Gostava de saber algo àcerca dos quadros que aparecem no filme.
    Sao pinturas? Quem é o autor?
    São do Giga? São para venda?

    Desculpe a curiosidade, mas se nao quiser responder.. Amigos como dantes.

    ResponderEliminar